página inicial

home page

Critérios de Avaliação

 

 

 

voltar

Os nossos novos universitários 2012

No passado ano letivo 2011/12, estiveram matriculados 55 alunos no 12º ano da Escola Pedro da Fonseca. Concluíram e obtiveram o diploma do ensino secundário 40 desses alunos (72,7%). Na 1ª e 2ª fases do acesso ao ensino superior, candidataram-se 37 (92,5%) e obtiveram colocação todos os 37 (100%).

Da Medicina à Aeronaútica, da Enfermagem à Gestão

Por áreas científicas e profissionais, o maior número de alunos ingressou em cursos de SAÚDE: foram 17 alunos. Assim, ingressaram: em Medicina, a Maria João Miguel e o Ricardo Pires; em Ciências Farmacêuticas, a Cristiana Dias; em Ciências da Saúde, a Mariana Catarino; em Medicina Veterinária, a Alexandra Cardoso e a Cláudia Beirão; em Enfermagem Veterinária, a Cláudia Gonçalves; em Enfermagem, a Ana Bernardo, a Daniela Martins e a Marta Fernandes; em Cardiopneumologia, a Catarina Silva e a Joana Esteves; em Fisioterapia, a Carla Gaspar; em Saúde Ambiental, a Ana Sofia Catarino; em Terapia Ocupacional, a Vânia Cardoso e a Liliana Dias; em Ciências do Desporto, a Andreia Martins. Não nos vão faltar profissionais de saúde altamente qualificados!

A segunda área mais escolhida foi a de Gestão/ Gestão Hoteleira/ Contabilidade com 7 alunos: a Márcia Martins, a Paula Pitas e o Daniel Cordeiro, o João Bernardo Eira, a Verónica Marques, a Catarina Gonçalves e a Andreia Alves.

Vêm, de seguida, os cursos das ENGENHARIAS com 6 alunos, a saber: em Engª Aeroespacial, a Sara Sequeira; em Engª Informática, o José Miguel Pintado, o Sérgio Matos e o André Pais; em Bioquímica, a Patrícia Dias e o André Ribeiro. Também aqui, darão o seu valioso contributo para a inovação tecnológica, empresarial e turística.

Finalmente, vem uma série de outras áreas com um número menor de entradas por curso, mas a mostrar versatilidade e que abrange 7 alunos: em Educação Básica, Educação Social e Serviço Social chegaram à Faculdade, respetivamente, a Jéssica Rodrigues, a Catarina Ribeiro e a Joana Martins; em Design de Moda, a Jéssica Castanheira; em Conservação e Restauro, a Ana Sofia Martins; em Ciência Política e Relações Internacionais, a Rosa Dias; em Tradução, a Valentina Cristóvão.

Para além destes 37 alunos, registe-se ainda que 2 ex-alunos da Pedro da Fonseca que não concluíram o 12º em Proença mas que também ingressaram no ensino superior: o Ricardo Martins, em Engª Eletromecânica e o Pedro Simões em Engª Eletrotécnica.

Lisboa no top das preferências

No ranking das cidades, este ano leva a melhor a capital, Lisboa, que conseguiu atrair dezassete dos nossos caloiros, nomeadamente a Universidade Técnica (Faculdades de Arquitetura, Motricidade e Instituto Superior Técnico), a Universidade de Lisboa (Faculdades de Ciências, Medicina e Farmácia), Universidade Nova (faculdades de Ciência Médicas) e a Escola superior de Tecnologia de Saúde.

Depois de Lisboa, naturalmente vem Castelo Branco, nossa capital de distrito, que conseguiu colocar nas diversas escolas do seu IPCB sete dos nossos alunos. Com três alunos, temos a cidade de Leiria e com dois as cidades de Porto, Tomar. Mas porque Portugal tem outras belas cidades universitárias e também é dos algarves, lá vão alunos para Aveiro (1), Coimbra (1), Covilhã (1), Portalegre (1), Évora (1) e Faro (1).

De referir que 33 alunos ingressaram no ensino superior público e apenas 4 deram entrada em universidades privadas.

O futuro é já hoje – parabéns a todos

Nomeados os nossos novos heróis caloiros e iniciado já o seu árduo trabalho nas faculdades, uma palavra de apreço pelo seu empenho no Agrupamento e na Pedro da Fonseca ao longo de 12 anos. Parabéns e que o futuro seja úbere de sonhos, sucessos e felicidade. Uma palavra também de reconhecimento do trabalho dos seus docentes ao longo destes 12 anos, às direções executivas e aos seus pais que os acompanharam na escola e na família, com amor, sacrifício e também muito orgulho.

Daniel Catarino – Professor aposentado da Escola Pedro da Fonseca


topo